Sobre Orlei Carraro

O Professor Orlei Carraro, é um cidadão nascido em 27/12/1967 no município de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. Desde jovem foi uma pessoa reservada e muito observadora. Em sua juventude procurava muito mais ouvir, analisar e pouco se expressar.

Tendo como exemplo seu pai que, apesar de ser agricultor, passou importantes lições a respeito de observação, agindo a partir dos fatos apurados. Em tudo o que fazia o seu pai, primeiramente analisava toda a situação antes de tomar qualquer atitude em relação ao trabalho que exercia na agricultura. Parece uma insignificante comparação, mas foi esta maneira adotada pelo Professor Orlei para dar seus primeiros passos em direção à profissão. Método adotado que deu certo.

Somente em 1994 que por curiosidade resolveu seu primeiro caso, onde percebeu que possuía habilidade, destreza e gosto pelo trabalho investigativo, onde se encantou com a profissão de Detetive Particular.

No ano de 1999 tomou uma decisão importante e fez o Curso de Detetive Particular. Em seguida entrou para a profissão destacando-se na função, onde no ano de 2001 e 2002 foi considerado o melhor Detetive Particular da região mediante um sistema de pesquisa.

Nos anos subsequentes ampliou e muito sua clientela, passando a trabalhar em casos empresariais, localização de pessoas além dos famosos casos de adultério. Sempre exercendo suas atividades com amor e alegria, se tornou referência no ramo, dominador das técnicas de investigação.

Hoje Orlei Carraro continua como Detetive Particular e também como instrutor de novos Detetives. No Curso que ministra aplica as melhores e mais importantes técnicas investigativas fazendo com que seja reconhecido seu trabalho no âmbito nacional.

3 Comentários

  1. lucian ribeiro de sousa

    estou aprendedo muito orlei obrigado nao vejo a hora de iniciar essa carreira

    Responder
  2. MAURICIO PEREIRA DA SILVA

    Olá Orlei Carrero, umas das duvidas que tenho hoje é sobre as perseguições que a gente vem a sofrer. Sendo casado filha de 7 anos.O que você fala sobre isso? Quando você é sozinho É uma coisa com família é outra ok.um abraço.

    Responder
    1. Orlei Carraro

      Olá. É Carraro, ok? Desde que comecei tinha meus filhos, minha família. Quando um profissional faz sempre as coisas certas não tem que temer em nada, pelo contrário, os outros que tem que temer o investigador, lógico que sempre devemos respeitar a todos. Certo? Att.: Orlei Carraro

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *