Eu posso ser um Detetive Particular, mesmo com poucos recursos?

Eu posso ser um Detetive Particular, mesmo com poucos recursos?
4.4 (88.33%) 12 votes

curso de detetive particular

A resposta a esta pergunta é sim. As pessoas determinadas a exercerem a profissão de Detetive tem que aprender a superar obstáculos. Vamos ver com mais detalhes esta questão. Em 1999 fiz um curso preparatório para Detetive Particular e além de possuir um carro bem velho, meus recursos para equipamentos era quase nulo.

Na época me preocupei principalmente em divulgar meu trabalho e o caminho melhor naquele momento foi um anúncio na maior lista telefônica da região, ela funcionava bem, como se fosse ter meu trabalho aparecendo no google ou divulgado em um site.

A ferramenta que hoje substitui a lista telefônica em termos de divulgação é possuir um site. Continuando a minha história, veja bem a dificuldade que enfrentei, eu não possuía computador, nem site, nem rastreador, nem máquina fotográfica, nem filmadora, nem sistema de pesquisa, nem qualquer ajuda, enfim tudo conspirava para que eu abandonasse o barco e pulasse para qualquer outra coisa.

A verdade é que nada me fez desistir do meu objetivo, comecei comprando uma pequena máquina fotográfica e encarei as dificuldades.

Novos tempos, novos caminhos, novas maneiras de evoluir. No Curso da CIT- Central de Inteligência e Treinamento, apresento um caminho a ser seguido, onde o aluno pode, após se preparar para a profissão, seguir uma linha inicial de investigação e depois evoluir para outras linhas.

É natural pensar que um Detetive Particular trabalhe só com adultério, que naturalmente são bons serviços a serem executados e que lhe dá boa experiência, mas se ainda lhe faltam recursos em equipamentos, você pode iniciar com os sistemas de pesquisa e anunciando em seu site estes serviços.

Quando se está determinado a fazer alguma coisa dar certo, direcionamos nossos esforços para que o nosso objetivo se realize. Você não precisa possuir o melhor carro ou os melhores equipamentos de trabalho, procure obter aos poucos o básico para cada tipo de serviço.

Você pode divulgar no começo da sua jornada, principalmente, que você centraliza seus trabalhos em levantamento de informações de pessoas, em localizar pessoas ou descobrir titularidade de números de telefones pós pagos, são informações disponíveis nos sistemas de pesquisa (dentro do nosso treinamento, nós detalhamos toda a parte de sistemas de pesquisas, lhe mostramos o caminho mais fácil para fechar os seus primeiros serviços, sem altos investimentos) e você sequer precisa sair de casa para conseguir a maioria destas informações.

A busca de informações em cartórios também não exige equipamentos. Estas dicas são para você que possui um recurso mais limitado, já para quem puder investir em equipamentos de qualidade, pode se lançar no mercado com todo gás.

Novos Detetives Particulares ficam ansiosos e nervosos no início de um serviço. Olha, não é privilégio só de novos Detetives, confesso, que as vezes, isso ocorre também comigo (veja, tenho 16 anos de profissão), o importante é estar bem consciente, com objetivos definidos, ser bastante discreto e planejar cada ação.

Um bom profissional de investigação tem de buscar sempre a melhor qualidade em seu trabalho, mesmo que um dia, tudo der errado, não se desespere, nada acontece por acaso, provavelmente era preciso que fosse dessa maneira, mas você verá que no decorrer do trabalho tudo se ajusta.

Eu acredito que um Detetive Particular tem de se preocupar em primeiro lugar em passar desapercebido, deve fazer seu trabalho sem que seja descoberto o que ele esteja fazendo em determinado local. As pessoas, devido a assaltos, percebem de imediato quando alguém estranho estiver em seu bairro, num aglomerado de lojas, num condomínio ou circulando em torno delas.

Neste momento que é importante se disfarçar. Quanto mais natural se possa ser, menos você chama a atenção de outros. Podemos citar uns exemplos: se você precisa entrar em uma boate para registrar alguém, nada melhor se você for acompanhado e se passar como um frequentador, se precisar ir a uma feira de produtos, se passe por um consumidor, se tiver que obter informações em uma Imobiliária, vá até lá como um interessado em busca do que lá é comercializado e assim por diante.

O Trabalho de um Detetive Particular é muito amplo e diversificado, mesmo sem muitos recursos, se pode crescer o obter sucesso.

Se você possui alguma dúvida, deixe um comentário abaixo que em breve eu responderei.

Se você quer saber mais detalhes sobre esta profissão e também como ingressar nela, entre para a nossa Lista VIP, onde você estará recebendo em seu e-mail muitas dicas e informações valiosas sobre esta profissão e uma videoaula gratuita sobre todos os trabalhos que um Detetive Particular faz e seus respectivos valores. Saiba mais, Clique Aqui.

Leia também o artigo: http://detetivecit.com.br/curso-de-detetive-particular/

e também: Detetive Particular | Acreditar e persistir.

 

Até a próxima!

assinatura é esta

13 Comentários


  1. olá professor chamo assim porque considero um, sempre vejo seus videos no youtube gostei de tudo q li neste site, tenho plena convicção q vou continuar com meu sonho ja fiz um curso e sei bastante coisa sobre profissão,mais como sr mesmo sabe a gente neste mundo, esta sempre aprendendo, poucas semanas sai de um trabalho q vou carregar uma grande bagagem e tenho certeza que se tiver a oportunidade de um dia conhecelos pra minha pessoa vai ser de grande estimulo,obrigado.

    Responder

  2. Boa Noite !
    Sr: Orlei
    Fiz um Curso de Detetive / Investigador e até agora não consegui entrar no ramo ,
    Gostaria de umas dicas para eu poder me ingressar na Área . Pois tenho muito interesse em trabalhar com Pessoas desaparecidas .
    Aguardo sua respostas >
    Obrigada !!!

    Responder

    1. Bom dia Marcia. Depois que o(a) aluno(a) se forma como Detetive Particular, o próximo passo é a publicidade para conseguir os seus primeiros serviços. As mais comuns são a criação e a distribuição de cartões, o anúncio em grupos nas redes sociais, os anúncios em jornais, entre outros. Uma das melhores técnicas é a criação de um blog (site) que fique posicionado nas primeiras posições da primeira página do Google. Esta técnica avançada é uma das que mais entregam resultados, porque a maioria das pessoas, quando precisam encontrar um profissional, a primeira coisa que elas fazem é procurar no Google pelo mesmo. Dentro do Curso CIT explicamos detalhadamente esta estratégia para os alunos.

      Att.: Orlei Carraro


    1. Olá Susana. Você pode fazer o Curso CIT sem problemas em Portugal. O que não será válido será a Carteira de Detetive Particular que o aluno recebe depois da aprovação da avaliação que existe no Curso, a Carteirinha do Curso CIT é válido somente em território brasileiro.


  3. Boa tarde Marcela. Para exercer a profissão você deve ter no mínimo 18 anos de idade. Há muitas dicas aqui no blog, mas se você quiser receber mais dicas exclusivas, deixe o seu e-mail na parte de cima do site onde está escrito “Você procura uma nova carreira?” depois disso você receberá várias dicas exclusivas sobre a profissão em seu e-mail.

    Att.:

    Orlei Carraro.

    Responder

    1. Olá Juliane. O seu e-mail já foi adicionado para receber novas dicas.


  4. Ola sou novo na area de detetive mais esovtou com duvidas a respeito do meu curso se. e valido ou se foi um goup pois ainda nao recebi distitivo ne carteirinha nem sertificado e ja tevi a formatura mais as aulas foi uma coisa assim meio sem interesse da parte do professor thiago ocurso era o cheyknah foi na cidade de itaituba no para queria sab como faco para descobri se e valido ou nao por favo me ajudem

    Responder

    1. Olá Antônio. Nosso Curso é completo e totalmente online, tudo pelo computador onde você em casa mesmo pode acompanhar e estudar. No final emitimos a todos os alunos carteirinha e certificado, além de um apoio no início da carreira. Venha fazer o Curso conosco. Att.: Orlei Carraro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *